sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Sobre o triunfo do Evangelho, após as convulsões de nossos dias

Recebemos de Baccaro de Freitas, o seguinte pedido:

Olá!
Nas citações referidas [Nota: refere-se à resposta contida no post imediatamente abaixo] não pude enxergar a referência ao tal tempo prévio de Reino do Evangelho na face da Terra.
O sr. poderia ser mais explícito?

Resposta:

Prezado Baccaro de Freitas,

De fato, na citação que colocamos no post anterior está apenas o contexto imediato da frase sobre a qual o amigo fez a consulta.

Esclareço que naquela citação tudo se refere ao período final da Historia, período em que se manifestará, segundo o ‘segredo’, o Anti-Cristo em pessoa.

Não colocamos tudo o que se refere ao fim do mundo nem às épocas anteriores, pois o 'Segredo' é extremamente extenso. Além do mais, Maximin e, sobretudo, Melanie, quando interrogados, esclareceram pontos do segredo, tornando a matéria ainda mais longa.

Pretendemos postar o material integralmente, acompanhado dos comentários dos dois videntes.

Com a ajuda de Nossa Senhora e com santa paciência, espero colocar tudo online.

Entretanto, posso adiantar para o Sr., o que o Sr. queria saber.

Na parte que se refere a nossa época diz como desfecho da crise em que estamos imersos:

“Os justos sofrerão muito. Suas orações, sua penitência e suas lágrimas subirão até o céu e todo o povo de Deus pedirá perdão e misericórdia. E pedirá minha ajuda e intercessão. Jesus Cristo, por um ato de sua justiça e de sua grande misericórdia em relação aos justos, ordenará a seus anjos que dêem morte a todos os seus inimigos. De repente os perseguidores da Igreja de Jesus Cristo e todos os homens entregues ao pecado perecerão, e a Terra tornar-se-á como um deserto.

“Então será feita a paz, a reconciliação de Deus com os homens. Jesus Cristo será servido, adorado e glorificado. A caridade florescerá por toda parte. Os novos reis serão o braço direito da Santa Igreja, a qual será forte, humilde, piedosa, pobre, zelosa e imitadora das virtudes de Jesus Cristo. O Evangelho será pregado por toda parte e os homens farão grandes progressos na fé, porque haverá unidade entre os operários de Jesus Cristo e os homens viverão no temor de Deus”.
Pretendemos também neste blog ir acrescentando profecias de outros santos, como S. Luis Maria Grignion de Montfort, Don Bosco e outros, que apresentam notáveis semelhanças com a de La Salette.

Confio na sua compreensão pelo fato de não podermos postar tudo de uma vez, em virtude da extensão da matéria.

Mas também estou certo que com suas orações e as de outros amigos teremos oportunidade de expor tudo exaustivamente.

Desejaria receber atualizações gratuitas e instantâneas, sem compromiso, de "A Aparição de La Salette e suas Profecias" no meu e-mail

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Uma pergunta sobre a frase “Roma perderá a fé e se tornará sede do Anticristo”

Recebemos a seguinte pergunta:
Olá,
Nossa Senhora em La Salatte disse mesmo esta frase: "Roma perderá a fé e se tornará sede do anti-cristo"?
Eu creio que isso é possível. Quero saber e a frase está nas profecias reconhecidas e oficiais.
Muito obrigado!
T.M.


Eis nossa resposta:
Prezado T.M.,

Efetivamente, essa frase se encontra no texto recebido pelo Beato Papa Pio IX, e bate com os originais que se encontram no Vaticano e foram analisados e publicados pelos padres René Laurentin e Michel Corteville. Igualmente consta da tese de láurea do Pe. Michel Corteville no Angelicum, a famosa Universidade dominicana de Roma.

Por vezes, porém, tem sido utilizada de modo abusivo.

O Segredo de La Salette ‒ que desde 1858 não é mais segredo, i. é, foi publicado na integridade ‒ faz uma descrição histórica dos acontecimentos futuros.

E essa frase se encontra na parte relativa ao anticristo e o fim do mundo.

Segundo a seqüência do Segredo, o fim do mundo não é para já, porque haverá ainda um reinado do Evangelho que durará alguns séculos.

Esse reinado, que será de Nossa Senhora também, evidentemente, terminará com o pecado geral de apostasia que abrirá as portas ao anticristo e à sucessão de fatos que precedem imediatamente o fim do mundo.

Reproduzo a seguir o contexto onde se insere essa frase.

Falando do anticristo diz:

“será o diabo encarnado. Dará gritos aterrorizadores, fará prodígios, alimentar-se-á só de impurezas. Terá irmãos que, embora não sejam como ele outros demônios encarnados, serão filhos do mal. Aos doze anos eles se farão notar pelas valorosas vitórias que obterão. Logo estará cada um à testa de exércitos, assistidos por legiões do inferno.

“As estações mudarão, a terra só dará maus frutos, os astros perderão seus movimentos regulares, a Lua não projetará senão uma débil luz avermelhada. A água e o fogo darão ao globo terrestre movimentos convulsivos e horríveis tremores de terra, que engolirão montanhas, cidades, etc..

“Roma perderá a fé e se tornará sede do Anticristo.


“Os demônios do ar, junto com o Anticristo, farão grandes prodígios na terra e nos ares. E os homens se perverterão cada vez mais. Deus tomará sob seus cuidados os fiéis servidores e os homens de boa vontade, o Evangelho será pregado por toda parte, todos os povos e todas as nações terão conhecimento da verdade”.
Fonte: René Laurentin – Michel de Corteville, “Découverte du secret de La Salette”, Paris, Fayard, 2002, página 62.

À sua disposição, Luis

Desejaria receber atualizações gratuitas e instantâneas, sem compromiso, de "A Aparição de La Salette e suas Profecias" no meu e-mail