quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Aviso para o Papa Pio IX se precaver contra o imperador Napoleão III

Nossa Senhora em La Salette advirtiu contra o imperador Napoleão III
Napoleão III: falso amigo dos católicos
Continuando com o Segredo, Nossa Senhora mandou uma advertência a Pio IX contra Napoleão III, imperador extremamente falso que bancava de amigo dos católicos.

“Que o Vigário de meu Filho, o Soberano Pontífice Pio IX, não saia mais de Roma depois do ano 1859. Mas seja firme e generoso, combata com as armas da fé e do amor. Eu estarei com ele. Que ele não confie em Napoleão [III]. Seu coração é falso, e quando ele quiser tornar-se ao mesmo tempo papa e imperador, Deus se afastará dele. Ele é como a águia que, querendo subir sempre mais, cairá sobre a espada da qual queria se servir para obrigar os povos a o elevarem”.
Napoleão III foi um político astuto que ludibriava os católicos. Ele pessoalmente trabalhava às ocultas contra o Papa e contra a Igreja. Mas, nas aparências, fingia defender os interesses do Papado e mantinha tropas para proteger os Estados Pontifícios.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Pecados dos líderes religiosos e civis atraem a cólera divina

Revolução comunista em São Petersburgo, Rússia
Revolução russa
Nossa Senhora continuou dizendo:
“Deus vai golpear de modo inaudito. Ai dos habitantes da Terra. Deus vai esgotar sua cólera, e ninguém poderá fugir a tantos males acumulados.

“Os chefes, os condutores do povo de Deus negligenciaram a oração e a penitência. E o demônio obscureceu suas inteligências.

“Transformaram-se nessas estrelas errantes, que o velho diabo arrastará com sua cauda para fazê-las perecer.

“Deus permitirá à velha serpente introduzir divisões entre os que reinam, em todas as sociedades e em todas as famílias. Sofrer-se-ão tormentos físicos e morais. Deus abandonará os homens a si mesmos e enviará castigos que se sucederão durante mais de trinta e cinco anos.

“A sociedade está na iminência dos flagelos mais terríveis e dos maiores acontecimentos. Deve-se esperar ser governado por uma chibata de ferro e beber o cálice da cólera de Deus”.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Início do Segredo: decadência do clero atrairá a vingança divina

Nossa Senhora confia o Segredo em La Salette
Assim começa o segredo:

“Mélanie, o que vou dizer-vos agora não ficará sempre segredo, podereis publicá-lo em 1858.

“Os sacerdotes, ministros de meu Filho, pela sua má vida, sua irreverência e impiedade na celebração dos santos mistérios, pelo amor do dinheiro, das honrarias e dos prazeres, tornaram-se cloacas de impureza.

“Sim, os sacerdotes atraem a vingança e a vingança paira sobre suas cabeças. Ai dos sacerdotes e das pessoas consagradas a Deus, que pela sua infidelidade e má vida crucificam de novo meu Filho!

“Os pecados das pessoas consagradas a Deus bradam ao Céu e clamam por vingança. E eis que a vingança está às suas portas, pois não se encontra mais uma pessoa a implorar misericórdia e perdão para o povo. Não há mais almas generosas, não há mais ninguém digno de oferecer a vítima imaculada ao [Pai] Eterno em favor do mundo”.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

O Segredo: várias redações até sua publicação completa em 1858

Maximim em 1848
Maximin
Mélanie em 1848
Mélanie

Dificuldades na transcrição da visão

Maximin e Mélanie foram beneficiados por um privilegiado e manifesto auxílio sobrenatural para serem fiéis a tudo que tinham visto ou ouvido. Este fato não evitou que a complexidade da visão e as limitadas forças intelectuais dos videntes criassem dificuldades para verter a aparição no papel.

Maximin era pouco hábil em redação. Em 1851 foi necessário que reescrevesse tudo, devido às manchas de tinta do seu escrito. Sua escassez de recursos reflete-se na redação.

domingo, 5 de fevereiro de 2012

“Morte” e “ressurreição” de La Salette foi profetizada por Mélanie

Mélanie previu a morte e resurreição da mensagem de La Salette
Mélanie, vidente de La Salette
O segredo de La Salette ‒ primeiro aprovado, depois caluniado, logo proibido, a seguir esquecido, depois assombrasamente redescoberto ‒ tem uma história toda especial que desabrocha nos nossos dias.

Antes de 1858 fez-se de tudo para que os videntes não o revelassem. Depois de 1858 quando Mélanie o tornou público foi uma verdadeira tempestade para abafá-lo.

Desde 1915 sua difusão esteve proibida. Por fim, em 1999 o providencial achado do Pe. Michel permitiu que ele voltasse a ser difundido, como narramos em post anterior.

Mélanie assistiu em vida a grande parte da campanha que resultou no silêncio sobre La Salette.

Entretanto ela tinha certeza de que o apelo de Nossa Senhora acabaria “ressuscitando”. Então ele se faria conhecer de novo, apesar de tudo, e o plano de Nossa Senhora acabaria se realizando.

Nesse sentido, em 21-1-1885 Mélanie confidenciou: